AVENTURA COM RESPONSABILIDADE

sexta-feira, 15 de maio de 2009




* Dia 21/10/2006, Saí de Dom Elizeu 7:45 da manhã, ali deixei a BR 010 Belém Brasília, e segui rumo a Marabá pela BR 222 antiga PA 70, pois esta era outra cidade que eu queria muito conhecer. Estrada perigosa, deserta, muitas curvas, subidas e descidas, lindas fazendas, até por reservas indígenas eu passei, paisagens lindas que me fizeram esquecer o medo de cruzar estradas tão comentadas sobre riscos de assaltos. Passei por Rondon do Pará, Abel Figueiredo cidadezinhas lindas a beira da estrada. Já tinha rodado 200 km naquela manhã quando me deparei com enorme ponte sobre os rios Tocantins e Araguaia, a ponte é realmente fantástica e lá estava eu parado no meio da ponte filmando, como se não me bastasse tanta admiração e beleza, lá entra no inicio da ponte enormes locomotivas puxando inúmeros vagões carregados de minérios de ferro e passageiros, aí que me dei conta, esta é a Grande Ferrovia dos Carajás que liga a serra dos Carajás, no sudeste do Pará ao Porto de Itaqui no Maranhão. A enorme ponte estremece, você pode sentir o balanço da mesma, fiquei encantado e privilegiado por estar cruzando a ponte e o trem passar no mesmo momento. Fiz os altos retornos em volta a ponte e lá estou em Marabá! Ali dei umas voltas pelo o centro da cidade, tomei uma água descansei um pouco e segui em frente fui Almoçar em São Domingos do Araguaia, ali fui informado que o asfalto acabava logo na frente, e que para chegar ate a balsa era uma estrada de chão , esburacada, muita lama... Aí vi que a moto para viagens é mesmo a Tornado, essa tanto faz asfalto, areia, ou lama ela sempre corresponde, estou no meio da selva, quase 3 h da tarde e nada de encontrar essa Balsa sobre o rio Araguaia. Encontrei uma família, muitas crianças, uma senhora e um rapaz o Cleiton esse foi comigo me mostrar o caminho e segundo ele aproveitaria para comprar um açuca já que existe comercio ao lado da travessia da balsa. Rodamos uns 15 km e lá estava alguns caminhões, já em cima de uma grande balsa impulsionada por um pequeno barco a motor preso a sua lateral FOTO do lado de cá o Pará do lado de lá do rio o estado do Tocantins. Tomei uma coca-cola com o Cleiton a qual ele fez questão de pagar, me dirigi ate um quartinho de madeira, comprei minha passagem e em poucos minutos lá estava eu no estado do Tocantis. Enquanto atravessávamos vi ao longe uma cidade e perguntei a um cidadão do meu lado que cidade era aquela, ele respondeu que era Araguatins, e me falou do grave problema que acontecia ali, até me perguntou se eu não tinha visto a reportagem sobre aquela cidade no Fantástico! Ele me falou que algumas pessoas estavam perdendo a visão ao tomar banho nas margens do rio, me falou tanto da cidade que resolvi ir até lá. Uma cidade muito bonita, uma orla na beira do rio, muitos kiosques, mais pouco movimento realmente, todos na cidade tem medo dos últimos acontecimentos. Várias pessoas perderam a visão ao banhar-se na beira do rio. O caso é sério. Logo que cheguei aqui encontrei uma galera fazendo umas apresentações de moto, muito legal. Dormi aqui, rodei hoje 384 km.

** Umas das coisas que aconselho aos que se submetem a uma aventura como essa, é um checap na saúde antes da viagem, eu vivia sentindo uns probleminhas, e aqui em Araguatins senti que era impossível fazer o percurso como eu queria. Esse problema de saúde atrapalhou a viagem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

VOLTE A PAGINA INICIAL

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Email: tornado_lopes@hotmail.com Fone: (88)9.99204170